Emoção na entrega dos títulos no Casinos do Algarve

 

GRANDE EMOÇÃO NA ATRIBUIÇÃO DE VÁRIOS TÍTULOS NO RALLYE CASINOS DO ALGARVE

Armindo Araújo torna-se campeão nacional pela quinta vez, enquanto que Alexandre Camacho é o grande vencedor do FIA European Rally Trophy

 

Uma serra de Monchique coberta de neblina recebeu os concorrentes do Rallye Casinos do Algarve durante o segundo dia de prova e provou continuar a ser o palco dos maiores desafios dos ralis de asfalto nacionais. O momento chave que leva à decisão nas contas do campeonato dá-se na primeira passagem pelo troço de Monchique, onde José Pedro Fontes chegou furado ao final perdendo muito tempo, enquanto que Ricardo Teodósio viu esfumarem-se as suas aspirações ao título quando foi forçado a abandonar com o motor do seu Skoda partido. Quem beneficiou disto tudo foi Armindo Araújo, que vinha a fazer uma prova em crescendo, passando para a liderança e nunca mais a largou até final, apesar da forte oposição de Alexandre Camacho, Miguel Barbosa e Fontes, que terminaram por esta ordem. Camacho viria a triunfar na Final da FIA European Rally Trophy, indo receber o premio na Gala da FIA em dezembro, que terá lugar em S. Petersburgo.

De destacar a confirmação do título de Daniel Nunes na vertente de duas rodas motrizes do campeonato português de ralis, obtendo também o triunfo na Peugeot Rally Cup Iberica, assim como o categórico triunfo de Márcio Marreiros na classificação da Taça FPAK de Ralis, cujo título foi entregue a Ricardo Matos, com Joaquim Bernardes a triunfar nos Clássicos e Eduardo Antunes a obter a primeira vitória da época no campeonato sul de ralis, onde também tem destaque o terceiro lugar à geral de Filipe Silva no pequeno Citroen Saxo.

O Rallye Casinos do Algarve foi uma organização do Clube Automóvel do Algarve, sob a égide da Federação Internacional do Automóvel e da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, contando com o alto patrocínio da Solverde – Casinos e Hotéis e dos municípios de Lagoa, Lagos, Monchique e Portimão.